Busca | Cadastre-se | Como Anunciar 
   
 CLASSIFICADOS
  
 Neg. & Oport.
   Empresas
   Equipamentos
   Serviços
   Outros
  
 Vagas
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Candidatos
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Cursos
  
 Vendo
  
 Doa-se
  
  
 GUIA EMPRESAS
 Adestradores
 Aquários
 Associações
 Atacadistas
 Aviculturas
 Banho e Tosa
 Canis
 Clínicas
 Consultorias
 Criadores
   Aves
   Roedores
   Reptil/Anfíbio
   Primatas
 Distribuidores
 DogSitter
 Entidades
 Fabricantes
 Gatis
 Hotéis
 Informática
 Laboratórios
 Padarias
 Passeadores
 PetShops
 Rações
 Representantes
 Serviços
 TaxiDog
  
 Lançamentos
 Reportagens
 Consultoria
 Dicas
 Veterinários
 Eventos
 Legislação
  
 Fórum
 Agility
 Raças
 Meu amigo Pet
 Pássaros
  
 PROMOÇÕES
 Busca
 Cadastre-se
 Como Anunciar
 Contato
  

   

Candy



* 31/08/1983
† 12/03/1999


"Vazio...
Tudo o que sinto e vejo ao olhar ao redor é isso ...vazio...
Um silêncio que incomoda, que é muito mais doloroso do que qualquer choro ou gemido...
A vida que existia já não corre mais, já não está por perto...
Como pôde acontecer isso, sem que eu nem pudesse estar por perto dando um alento, fazendo um carinho prá que pudesse ser mas fácil prá você?
Não consigo me perdoar por isso... logo eu que sempre estive tão perto, chorando ao menor sinal de que você estivesse doente...
Mas foi o início de um silêncio que não vai terminar nunca!
Fico o tempo todo procurando nos cantos, prá ver se de repente você aparece, prá ver se me olha com aqueles olhinhos pretos e grandes, mesmo sem enxergar, tão vivos...
Tão vivos quanto é viva a tua presença entre nós...
O aperto que sinto no peito, o nó na garganta que parece me sufocar faz com que, as vezes, eu sinta dificuldades para respirar...
Me falta o ar, tamanha é a saudade e a tristeza que está dentro de mim por você ter ido embora.
Nada me conforta e não consigo controlar as lágrimas que insistem em rolar dos meus olhos, a todo instante.
Você se foi e uma parte de mim morreu com você...uma grande parte!
Mas onde quer que você esteja, sei que deve estar bem pertinho de Deus, fazendo com que Ele tropece em você a toda hora, como acontecia aqui e sei também que, quando chegar a minha hora, vamos nos encontrar prá estarmos juntas novamente, rolar, brincar, passear e dormir juntas, como sempre fizemos nesses 16 anos de convivência.
Espero do mais fundo do meu coração que você esteja bem e que não tenha sofrido muito na sua partida.
Me dói muito saber que não vou mais acordar e dar de cara com você me olhando, me chamando...
Mas saiba que você foi única em tudo ...em toda a convivência e até na sua horinha ...
Você foi especial...e vai continuar sendo sempre...
E é por isso que eu choro...
Amo você e vou amar sempre...
Estou morrendo de saudades ...
De quem te adora muito e não vai te esquecer nunca,"

Ediene
13/03/1999
ediene.raphael@bol.com.br