Busca | Cadastre-se | Como Anunciar 
   
 CLASSIFICADOS
  
 Neg. & Oport.
   Empresas
   Equipamentos
   Serviços
   Outros
  
 Vagas
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Candidatos
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Cursos
  
 Vendo
  
 Doa-se
  
  
 GUIA EMPRESAS
 Adestradores
 Aquários
 Associações
 Atacadistas
 Aviculturas
 Banho e Tosa
 Canis
 Clínicas
 Consultorias
 Criadores
   Aves
   Roedores
   Reptil/Anfíbio
   Primatas
 Distribuidores
 DogSitter
 Entidades
 Fabricantes
 Gatis
 Hotéis
 Informática
 Laboratórios
 Padarias
 Passeadores
 PetShops
 Rações
 Representantes
 Serviços
 TaxiDog
  
 Lançamentos
 Reportagens
 Consultoria
 Dicas
 Veterinários
 Eventos
 Legislação
  
 Fórum
 Agility
 Raças
 Meu amigo Pet
 Pássaros
  
 PROMOÇÕES
 Busca
 Cadastre-se
 Como Anunciar
 Contato
  

   

Artigos para veterinários

MÉTODO CLICKER DE ADESTRAMENTO

Ultimamente os profissionais brasileiros que se dedicam ao comportamento animal estão com os olhos voltados para um novo método de adestramento. Esta nova técnica está se propagando pelo mundo e aonde chega é assimilada rapidamente por profissionais que creditam a ela muita rapidez e um aumento na gama de comportamentos que podem ser ensinados aos animais. Estou falando do método clicker que foi elaborado por americanos na década de 50. Surgiu primeiramente entre profissionais que trabalhavam com mamíferos marinhos como golfinhos, orcas e belugas e mediante o sucesso no treinamento destas espécies a técnica foi observada e depois aplicada em cães. Foi Karen Pryor uma americana treinadora de golfinhos que em 1984 lançou o livro Don´t Shoot the Dog considerado como o ponto zero do método clicker, mas que infelizmente ainda não ganhou uma edição em português.

O que é um clicker?

O clicker é um aparelho que reproduz um estalido curto, alto e muito distinto de qualquer outro som do ambiente. Os clickers mais simples são uma caixinha de plástico com aproximadamente 3cmx1cm e uma lingüeta de metal dentro que ao ser pressionada provoca o "click" Os clicker mais avançados são aparelhos eletrônicos que emitem um som ultra-sônico. Muitas pessoas tem dificuldade para comprar um clicker aqui no Brasil, mas ele pode ser facilmente substituído por uma tampa de gatorade ou uma caneta que faça um click Na verdade, você pode substituir o click por um estalar de dedos, por um apito ou ate pelo som de bater palmas, mas isso não será uma solução muito prática por que durante o adestramento é muito mais vantajoso ter as mãos livres para indicar os comandos e a boca livre também para poder falar claramente o nome do comando. Além disso para se conseguir um treinamento efetivo é melhor optar por algo que produza um som que tenha sempre o mesmo tempo e freqüência. Leitores interessados em obter um clicker podem me mandar um e mail que eu indicarei pessoas em São Paulo que vendem o aparelho

Método

Baseadas na teoria do condicionamento operante criada pelo médico russo Ivan Pavlov (1849-1936) surgiram o behaviorismo e também as técnicas contemporâneas de treinamento animal. Ivan Pavlov usando cães mostrou que comportamentos (ações) podem se tornar reflexos condicionados, ou seja, animais podem reproduzir um comportamento desejado pelo homem, quando ligam esta ação a uma recompensa. A experiência de Pavlov mostrou que um mecanismo fisiológico (salivar) poderia ser provocado por humanos bastando que os cães ligassem o som de uma campainha a uma refeição que seria ofertada algum tempo depois da campainha soar. Consequentemente Pavlov percebeu que qualquer outro estímulo além da campainha poderia provocar uma resposta desejada desde que, fosse atribuída uma recompensa seguida ao estímulo. Décadas mais tardes os treinadores de animais dos parques aquáticos americanos estavam tentando melhorar sua comunicação com as diversas espécies que treinavam e perceberam que um apito poderia funcionar tão bem quanto à campainha de Pavlov. Assim toda vez que o animal repetia uma ação desejada o seu treinador apitava imediatamente e o animal ao ouvir o som conseguia perceber que estava fazendo o que o treinador desejava e muito mais importante que isso; o animal sabia que em breve iria ganhar uma recompensa então ele memorizava o que estava fazendo quando ouviu o apito.

Geralmente grandes idéias surpreendem a todos por serem muito simples, com o clicker não é diferente. Durante muito tempo o adestramento de animais foi considerado uma tarefa que exigia muito tempo e paciência do treinador. Isso porque os animais são muito dispersos e por mais inteligente que uma espécie seja considerada sempre é difícil manter a atenção de um individuo durante todo o treinamento. Claro, os sentidos deles são muito mais sensíveis que os nossos e eles precisam ficar alertas a todos os estímulos do ambiente para se sentirem seguros. Qualquer alteração no ambiente é percebida e processada desviando a atenção do animal. Assim qualquer treinamento deve ser feito em um local no qual o animal esteja acostumado, se sinta a vontade e esteja o mais isolado possível de outras pessoas e animais. Nestas condições o animal irá prestar muito mais atenção no treinador, mas, mesmo assim não é fácil mantê-la por muito tempo e é exatamente aí que o método clicker encontrou seu diferencial. Um animal que já esteja condicionado ao som do clicker, ou seja, que já sabe que, ao ouvir aquele som irá ganhar uma recompensa terá um motivo a mais pra fixar sua atenção no treinador. Os animais tentam de tudo para ouvir um click e ganhar a recompensa. Eles se sentem recompensados duas vezes: a primeira por acertar um comando e a segunda por ganharem à recompensa. É impressionante observar como um cão bem condicionado ao "click" tenta de tudo para ouvir este barulho e ser gratificado, ele fica com os olhos vidrados no treinador e o adestramento que antes era uma tarefa chata agora vira um jogo divertido.

Resultados

Além de descartar a punição, este método ainda diminui muito o tempo de aprendizado e aumenta o numero de comportamentos que podem ser ensinados porque ele melhora a comunicação entre o homem e o animal. No mercado brasileiro um dos nomes mais destacados é o de Alexandre Rossi que já treinou vários animais para comerciais e filmes usando o clicker. Ele também oferece um curso sobre este método para qualquer pessoa que queira se tornar um adestrador ou se comunicar melhor com seu cão. Treinadores de animais do mundo todo tem conseguido grandes méritos e a maior vitrine deste sucesso é o cinema de Hollywood que nos últimos anos tem lançado filmes com animais treinados pelo método clicker como Bheethoven e O Professor Aloprado. . Os animais do elenco destes filmes foram treinados por Karl Lewis Miller um adepto e grande divulgador do método clicker foi ele também que treinou os animais do Filme Babe o porquinho atrapalhado.

Luiz Fernando Callau
Proprietário do CanHilton pet club. Creche para cães
Fone: 11 8426 6310 ou 11 3672 9214
Faça seu curso de adestramento pelo método clicker acesse: www.caocidadao.com.br

Entrevista concedida ao Vet Around "Words" - Duachais Saúde Animal
www.duachais.com.br - contato@duachais.com.br.

voltar...