Busca | Cadastre-se | Como Anunciar 
   
 CLASSIFICADOS
  
 Neg. & Oport.
   Empresas
   Equipamentos
   Serviços
   Outros
  
 Vagas
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Candidatos
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Cursos
  
 Vendo
  
 Doa-se
  
  
 GUIA EMPRESAS
 Adestradores
 Aquários
 Associações
 Atacadistas
 Aviculturas
 Banho e Tosa
 Canis
 Clínicas
 Consultorias
 Criadores
   Aves
   Roedores
   Reptil/Anfíbio
   Primatas
 Distribuidores
 DogSitter
 Entidades
 Fabricantes
 Gatis
 Hotéis
 Informática
 Laboratórios
 Padarias
 Passeadores
 PetShops
 Rações
 Representantes
 Serviços
 TaxiDog
  
 Lançamentos
 Reportagens
 Consultoria
 Dicas
 Veterinários
 Eventos
 Legislação
  
 Agility
 Raças
 Meu amigo Pet
 Pássaros
  
 PROMOÇÕES
 Busca
 Cadastre-se
 Como Anunciar
 Contato
  

   

Persas

PADRÃO:

Os persas tem o corpo maciço, compacto e robusto, de forte ossatura; patas curtas e grossas, e cauda também curta.

A pelagem é longa, densa e abundante em todo o corpo. Apresentam um lindo colar de pêlos ao redor do pescoço, que se torna mais longo e farto até o peito.

A cabeça deve ser grande e abaulada, bem redonda, com pequenas orelhas bem separadas e com graciosos tufos de pêlos; carinha chata, com grandes olhos, colocados distantes um do outro; bochechas cheias e nariz curto, posicionado na linha dos olhos, fazendo-nos lembrar de uma "coruja". Esse é o padrão estabelecido internacionalmente como o ideal da raça.

Mas os persas não são todos iguais, como também não existem duas pessoas idênticas; por mais pura que seja sua linhagem, observamos que nem todos se encontram exatamente dentro desse padrão. Portanto, ligeiras variações não indicam que seu gato não é um legítimo persa.

Assim, podemos classificá-los em 3 categorias, basicamente:

Persas Extremados, para Exposição ou Show: trata-se do gato que possui todas as características do padrão estabelecido acima; gatos aptos a participarem e estarem colocados entre os melhores exemplares da raça, nas Exposições Internacionais de Julgamento.
Gatos Breeder: gatos que possuem excelente linhagem; ou seja, filhos de grandes campeões, ou que nasceram na mesma ninhada dos gatinhos Shows, mas que não são exatamente como exige o padrão ideal: possuem o narizinho um pouco mais para baixo, ou orelhas um pouco maiores, por exemplo; mas que tem um excelente pedigree, atestando a pureza da raça e qualidade de sua linhagem, e que possuem carga genética boa o suficiente para gerar filhotes Show, mesmo que ele próprio não seja considerado um exemplar desse padrão.
Gatos Pet ou de companhia: gatos persas, com ou sem pedigree, que, embora filhos de pais persas também, não possuem em sua descendência gatos dentro do padrão ideal e que, provavelmente (em genética, falamos sempre de possibilidades, nada pode ser afirmado com veemência), nunca gerarão filhotes com padrão Show, ou extremados. Trata-se dos persas com nariz mais alongado, orelhas maiores, corpo mais delgado, embora possam apresentar a linda pelagem.

CORES:

As cores dos persas podem variar bastante: brancos, negros, azuis, vermelhos, escamas... Marcas tigradas, que fazem com que as cores sejam mescladas com listras mais claras e mais escuras... Ou os smokes, onde a raiz dos pêlos é branca, e a cor aparece nas pontas dos pêlos, dando um ar de leveza à coloração da pelagem... e ainda, as cores partidas com branco, como os bicolores e os cálicos (duas cores bem definidas, mais branco). Todas essas variações podem vir isoladas, ou associadas entre si.





TEMPERAMENTO:

Eles são extremamente sensíveis e dóceis, apegados aos donos, e tão fiéis quanto os cães, principalmente se forem bem tratados e respeitados. Possuem grande percepção e inteligência, chegando, muitas vezes, a nos surpreender em diversas situações.

Carinhoso e brincalhão, ele fala pelo olhar, e expressa-se das mais variadas formas, mostrando claramente seus desejos, seus sentimentos, e o que pensam. Sim, eles realmente pensam. E mostram o quanto podem ser leais, companheiros e fiéis a quem os ama.

Sua personalidade varia dependendo da raça; o temperamento dos persas é encantador. Eles perderam boa parte de seus instintos naturais, uma vez que essa raça surgiu a partir de consecutivos acasalamentos entre gatos domésticos, que não precisavam caçar para comer, e tinham todas as suas necessidades satisfeitas pelos seus donos.

São criaturas adoráveis, sensíveis e inteligentes. Eles adoram a companhia das pessoas. Calmos e quietos, raramente miam, e aprendem facilmente o que lhes é ensinado. São bastante disciplinados em relação aos seus hábitos diários, que se tornam regulares e perfeitamente sincronizados aos hábitos da família com a qual convivem.

Normalmente, ele elege alguém na casa para ser seu dono, e não o contrário; relaciona-se muito bem com toda a família, mas sua preferência por alguém é notória.

O dia-a-dia com um gato é diferente se comparado com um cão. Ele percebe as necessidades de seus donos, e as respeita. Ele espera pacientemente seu dono dispensar-lhe atenção e carinho e, quando você estiver ocupado, ele será sua companhia silenciosa, observando atentamente cada gesto seu, sem incomodar seu amado dono. Muito sociável, ele cumprimenta alegremente a todos. Mas eles têm um sexto sentido e, quando não gostam de alguma pessoa, não adianta forçá-los a isso: com certeza, ele tem suas razões. Mas fique tranquilo: raramente um persa atacará alguém.

A convivência diária é muito gratificante. Extremamente inteligentes e sensíveis, perceberão logo suas preferências e as respeitarão, retribuindo em cada gesto o carinho e atenção que lhes for dispensada. Em função de seu temperamento calmo, eles não gostam de barulho excessivo, de brigas e discussões, ou de muita agitação e correria.

Companheiro inseparável, se você estiver triste ou doente, seu gato estará sempre ao seu lado, até que ele perceba que você já está bem; se estiver nervoso, ele o acalmará com carinhos e com seu ronronar, consolando-o.

Ao mesmo tempo, são independentes: ficam bem sozinhos por algum tempo, desde que haja comida e água fresca à sua disposição.

Muito limpos, preocupam-se constantemente com sua higiene pessoal. Lambem-se por inteiro, várias vezes ao dia, principalmente após as refeições, antes de dormir e quando acordam. Dessa forma, promovem a limpeza de sua pelagem e penteiam seus pêlos, já que possuem a língua áspera, própria para isso.

São gatos de baixa atividade; não costumam pular em locais altos, como móveis e muros. Aliás, os persas não gostam de sair para a rua, sozinhos ou com seus donos; portanto, se você deseja que seu amiguinho seja sua companhia para passeios externos, procure habituá-lo a isso desde pequeno.

Seus movimentos nos fazem lembrar de uma bailarina dançando, tal a delicadeza, elegância e beleza com que se movem. Ele poderia andar sobre sua penteadeira e, se não fossem seus longos pelos, com certeza ele não derrubaria um objeto sequer. Somente fazem suas necessidades no local apropriado, que deve estar sempre limpo. Se não estiver, provavelmente ele o chamará para que você o limpe e ele possa utilizá-lo.

Alimente-o sempre com rações de excelente qualidade, para manutenção de sua perfeita saúde e de sua longa e abundante pelagem.

E usufrua plenamente do imenso prazer que esse maravilhoso bichinho pode lhe porporcionar.


Esta página é de responsabilidade de ELAINE JORDÃO.
Proprietária do GATIL BLAZE STAR.
Fone: (11)5585-1836 - info@blazestar.com.br - http://www.blazestar.com.br.