Busca | Cadastre-se | Como Anunciar 
   
 CLASSIFICADOS
  
 Neg. & Oport.
   Empresas
   Equipamentos
   Serviços
   Outros
  
 Vagas
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Candidatos
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Cursos
  
 Vendo
  
 Doa-se
  
  
 GUIA EMPRESAS
 Adestradores
 Aquários
 Associações
 Atacadistas
 Aviculturas
 Banho e Tosa
 Canis
 Clínicas
 Consultorias
 Criadores
   Aves
   Roedores
   Reptil/Anfíbio
   Primatas
 Distribuidores
 DogSitter
 Entidades
 Fabricantes
 Gatis
 Hotéis
 Informática
 Laboratórios
 Padarias
 Passeadores
 PetShops
 Rações
 Representantes
 Serviços
 TaxiDog
  
 Lançamentos
 Reportagens
 Consultoria
 Dicas
 Veterinários
 Eventos
 Legislação
  
 Agility
 Raças
 Meu amigo Pet
 Pássaros
  
 PROMOÇÕES
 Busca
 Cadastre-se
 Como Anunciar
 Contato
  

   

Bengal

No Brasil estima-se que haja cerca de 30 Bengals. Esse pequeno número, deve-se ao fato de a raça ter sido introduzida no Brasil há menos de 5 anos por pessoas que mais se interessam em tê-los como animais de estimação do que por um cunho comercial. No mundo inteiro a imagem não é muito diferente: são cerca de 30.000 Bengals, sendo a maioria em gatis dos EUA e Canadá.


Iniciamos a criação em 1997, com animais importados dos EUA e logo nos vimos encantados com as características únicas da raça: Inteligência, sociabilidade, extrema facilidade em aprender comandos verbais de obediência e o que é mais fascinante - sob a aparência selvagem, a docilidade e disposição carinhosa, poderíamos dizer "canina", de um companheiro divertido e cativante, para todos os momentos.

Quanto aos cuidados, o Bengal em nada difere de um gato de raça de pelo curto. Alguns detalhes de comportamento apontam para a sua origem selvagem, pois adoram brincar na água.

Nossos gatos adoram os respingos dos regadores de grama do jardim.

Se você é daquelas pessoas que ainda acredita que gatos são avessos ao contato físico e têm personalidade arredia, precisa conhecer os Bengals.

ORIGEM

A raça se originou nos EUA, na década de 60, quase que de forma acidental. Ms. Jean Mill, adquiriu um leopardo asiático e o criou em ambiente doméstico. Foi surpreendida quando a sua gata American Short Hair presenteou-lhe com uma ninhada de "leopardinhos". Ms. Mill acabara de presenciar o que ocorre com relativa frequência na natureza; a compatibilidade genética entre animais do mesmo gênero, pode resultar em criaturas completamente singulares ... São os Híbridos!

O NOME BENGAL

Deriva do termo científico que dá nome ao ancestral do Bengal - o leopardo asiático - tecnicamente chamado de Felis bengalensis.


CARACTERÍSTICAS DA RAÇA

Os Bengals caracterizam-se pelo aspecto selvagem. São animais que a primeira vista passam a impressão de vigor e nobreza. São muito musculosos, atléticos; a cabeça é bem desenvolvida; o pescoço é forte; sua musculatura se desenha sob a pelagem dourada, inteiramente salpicada de marrom quase negro; seus movimentos são perfeitos como de um leopardo; seu caminhar é sinuoso, sensual. O Bengal é um caçador e pescador nato.

As cores da pelagem variam do amarelo-palha, ao vermelho-mogno, com marcações que vão do caramelo ao chocolate-amargo. Os olhos variam do amarelo-ouro ( todos os felinos selvagens possuem olhos dessa cor) ao amarelo levemente esverdeado. A esse padrão tradicional chamamos Leopard Classic. Existem variações de padrão de pelagem e de cor, nos animais com gens recessivos que basicamente dão origem a animais snow ( semelhantes aos leopardos da Sibéria) e Marble ( idênticos às panteras nebulosas, da Indo-China).

Os machos ( pesam cerca de 5,5Kg) são maiores que as fêmeas ( pesam cerca de 4 Kg).

Os filhotes, até os 6 meses, costumam apresentar um sub-pelo pardacento, que lhes empresta a aparência de filhotes de leões. Isso é típico dos gatos selvagens. É uma camuflagem temporária, que some depois que o animal ganha autonomia e passa a dominar as técnicas de caça e auto-defesa.

ALIMENTAÇÃO E SAÚDE

Usamos e recomendamos rações premium para alimentar animais adultos.

As fêmeas prenhes e os filhotes, são alimentados com ração do tipo "kitten", para animais em crescimento.

A vacinação anual é necessária, para raiva, leucemia, panleucopenia e rino-traqueíte.

Aconselhamos banhos com intervalos mínimos quinzenais, pois isso ajuda a manter a pelagem sedosa e elimina os riscos de doenças dermatológicas no animal, além do que remove o componente alergênico do pelo do gato. Os Bengals gostam do banho.

Os Bengals não são susceptíveis a nenhum tipo particular de enfermidade, nem são propensos a desenvolverem doenças genéticas. Como todo híbrido, possuem muita saúde e vigor.

TEMPERAMENTO
Bengals são gatos carinhosos participativos; interagem com seus donos como se fossem cães. A docilidade e sociabilidade aliadas ao aspecto de "fera", encanta e desconserta os desavisados. Afinal de contas , não é todo dia que ao visitar alguém, somos surpreendidos com um leopardinho adentrando a sala, atravessando-a com porte de um legítimo rei das selvas e subitamente começa a ronronar pedindo um afago.
Os cruzamentos são rigorosamente controlados pelos criadores. Animais de padrão pet, que não preenchem todos os requisitos do standard da raça são castrados invariavelmente. Os criadores no Brasil tem o compromisso com o aprimoramento da raça.

CURIOSIDADES SOBRE A RAÇA

Os Bengals não miam. A sua voz é sui generis. Diria que é a voz da selva. É algo misto de latido...com rugido! Quando o seu Bengal "pede a palavra", não deixa a menor dúvida...

É o Legítimo e Único Gato Herdeiro das Selvas de Bengala, Sumatra e Bornéu.



Os Gatos fotografados nesta página são de propriedade do
Gatil BenShemesh (Marcelo Arruda e Bila Dowsley)

Esta página é de responsabilidade de MARCELO ARRUDA e BILA DOWSLEY - Criadores.
GATIL BENSHEMESH.
Fones: (21)7834-3212 / (21)7812-1198 - bengal@terra.com.br - www.benshemesh.com.