Busca | Cadastre-se | Como Anunciar 
   
 CLASSIFICADOS
  
 Neg. & Oport.
   Empresas
   Equipamentos
   Serviços
   Outros
  
 Vagas
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Candidatos
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Cursos
  
 Vendo
  
 Doa-se
  
  
 GUIA EMPRESAS
 Adestradores
 Aquários
 Associações
 Atacadistas
 Aviculturas
 Banho e Tosa
 Canis
 Clínicas
 Consultorias
 Criadores
   Aves
   Roedores
   Reptil/Anfíbio
   Primatas
 Distribuidores
 DogSitter
 Entidades
 Fabricantes
 Gatis
 Hotéis
 Informática
 Laboratórios
 Padarias
 Passeadores
 PetShops
 Rações
 Representantes
 Serviços
 TaxiDog
  
 Lançamentos
 Reportagens
 Consultoria
 Dicas
 Veterinários
 Eventos
 Legislação
  
 Agility
 Raças
 Meu amigo Pet
 Pássaros
  
 PROMOÇÕES
 Busca
 Cadastre-se
 Como Anunciar
 Contato
  

   

Apenas 5% dos animais de São Paulo foram registrados

São Paulo - A 11 dias do fim do prazo para obter o Registro Geral de Animal (RGA), apenas 5,16% dos cães e gatos da cidade foram levados por seus donos ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), para serem cadastrados.

De uma população estimada de 1 milhão e 560 mil animais - 1,3 milhão de cachorros e 260 mil gatos -, só 80.640 foram registrados.

O RGA, uma espécie de carteira de identidade para os animais, é uma exigência da Lei 13.131, de 18 de maio de 2001, de autoria do vereador Roberto Tripoli, (PSDB), que foi regulamentada em 13 de de fevereiro de 2002 e publicada no dia seguinte. A partir daí, começou a contar o prazo de 180 dias para o cadastramento.

Nos 30 dias seguintes ao dia 12 ainda será possível obter o RGA sem multa. Depois, no entanto, o dono de animal apanhado sem RGA terá de pagar R$ 20,00.

Segundo a veterinária Luciana Hardt Gomes, responsável pelo setor de registros do CCZ, é fácil obter o RGA. "Basta que o dono traga o seu cão ou gato até aqui ou o leve a um centro veterinário credenciado", explica. No local, ele deve preencher um formulário com os dados do animal (nome, sexo, raça, cor, idade e endereço) e seus (nome, RG, CPF e endereço), além de pagar R$ 3. O animal ganha uma coleira e uma plaqueta com um número.

Evanildo da Silveira

FONTE: Agência Estado - 31/07/2002



voltar...