Busca | Cadastre-se | Como Anunciar 
   
 CLASSIFICADOS
  
 Neg. & Oport.
   Empresas
   Equipamentos
   Serviços
   Outros
  
 Vagas
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Candidatos
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Cursos
  
 Vendo
  
 Doa-se
  
  
 GUIA EMPRESAS
 Adestradores
 Aquários
 Associações
 Atacadistas
 Aviculturas
 Banho e Tosa
 Canis
 Clínicas
 Consultorias
 Criadores
   Aves
   Roedores
   Reptil/Anfíbio
   Primatas
 Distribuidores
 DogSitter
 Entidades
 Fabricantes
 Gatis
 Hotéis
 Informática
 Laboratórios
 Padarias
 Passeadores
 PetShops
 Rações
 Representantes
 Serviços
 TaxiDog
  
 Lançamentos
 Reportagens
 Consultoria
 Dicas
 Veterinários
 Eventos
 Legislação
  
 Agility
 Raças
 Meu amigo Pet
 Pássaros
  
 PROMOÇÕES
 Busca
 Cadastre-se
 Como Anunciar
 Contato
  

   

Dogo Argentino

Uma obra-prima da manipulação genética, resultado adquirido por longo tempo de pesquisa e seleção com forte objetivo para caça de javali, cão dotado de tamanho (60 a 65 cm) peso (40 a 45 kg) e força descomunal, cujo temperamento bem definido, independente, equilibrado gosta do convívio com pessoas conhecidas,utilizado para rinha,guia de cegos, busca e salvamento, guarda e tolerante com crianças acima de 6 anos.A saga do dogo argentino, vem de Córdoba uma romântica e pujante cidade com fortes traços culturais e coloniais, cujos antepassados espanhóis tinham várias paixões entre elas os cães de rinha.

Impossível falar do DOGO ARGENTINO sem mencionar o trabalho profícuo dos irmãos Antônio Norez Martinez e Augustin Norez Martinez com 18 e 17 anos respectivamente, que em 1925 deram a largada neste projeto,que em 1928 escreveu o primeiro padrão da raça, Antônio Martinez não viveu para ver seu sonho realizado, quando fora assassinado numa tentativa de roubo numa caçada de javali em 1956. Eles tinham um núcleo de estudo qual começaram com 10 fêmeas de pelea Cordobês daí foram inseridas as primeiras raças que apontaria mais tarde para as ninhadas promissoras, agora com um plantel de 30 fêmeas melhor avaliado.

É um cão rápido também na localização do inimigo, pois fareja alto pelo ar e com um olfato apuradíssimo, herança do Pointer. Ele usa, portanto, o vento e não o rastro no chão que implica numa maior perda de tempo.

RAÇAS INSERIDAS:

Dogue Alemão - foi inserido para dar peso e tamanho.
Bulldogue Inglês e Bull terrier - foram reeintroduzidos para acrescentar o valor intrepidez, resistência, insensibilidade a dor e a tenacidade na luta.
Boxer - dar vivacidade e inteligência necessária para assimilações das lições de guia de cego.
Mastim dos Pirineus - dar tamanho, rusticidade, olfato e dando força e resistência a adaptação a todos climas e acentuando seu manto branco.
Pointer inglês - importado da frança responsável pelo apurado olfato.
Irlandês Wolfhound - deu velocidade.
Dogue de Bordeaux - embora os existentes em Córdoba não eram muito puro, usados para luta ajudou com forte pressão mandibular, esta raça apresentou algo indesejável como o amarelamento na pelagem.

Por ser companheiro, dedicado obediente decidido, hoje o DOGO ARGENTINO atua na polícia federal Argentina, Holanda e Israel.


Esta página é de responsabilidade de Nilton Lima.
Dog trainner
Fones: (021)3342-1241 e (021)9153-6332 - pro-cao@mailbr.com.br