Busca | Cadastre-se | Como Anunciar 
   
 CLASSIFICADOS
  
 Neg. & Oport.
   Empresas
   Equipamentos
   Serviços
   Outros
  
 Vagas
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Candidatos
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Cursos
  
 Vendo
  
 Doa-se
  
  
 GUIA EMPRESAS
 Adestradores
 Aquários
 Associações
 Atacadistas
 Aviculturas
 Banho e Tosa
 Canis
 Clínicas
 Consultorias
 Criadores
   Aves
   Roedores
   Reptil/Anfíbio
   Primatas
 Distribuidores
 DogSitter
 Entidades
 Fabricantes
 Gatis
 Hotéis
 Informática
 Laboratórios
 Padarias
 Passeadores
 PetShops
 Rações
 Representantes
 Serviços
 TaxiDog
  
 Lançamentos
 Reportagens
 Consultoria
 Dicas
 Veterinários
 Eventos
 Legislação
  
 Agility
 Raças
 Meu amigo Pet
 Pássaros
  
 PROMOÇÕES
 Busca
 Cadastre-se
 Como Anunciar
 Contato
  

   

Dogue Brasileiro (Legítimo Bull Boxer)

"O Dogue brasileiro se destaca pelo equilíbrio psíquico, inteligência, coragem e boa índole, que o tornam um cão completo"


(Erlic de Tasgard)

(Brutus da Criméia)

(Aica de Thule)

(Zara deTasgard)

A união perfeita entre a docilidade do Boxer e a tenacidade do Bull Terrier. Assim é o Dogue Brasileiro, raça que nasceu no Rio Grande do Sul e que começa a ganhar admiradores em todo o Brasil.

A raça foi desenvolvida em 1978, pelo juiz e cinófilo Pedro Dantas, dono do Canil Tasgard, o primeiro especializado em Dogue Brasileiro, hoje uma das raças mais criadas em Caxias do Sul, pelos registros do Kennel Club.

Junto ao Fila Brasileiro e o Fox Paulistinha, o Dogue Brasileiro é reconhecido pela CBKC como a 3ª raça brasileira;

De pêlo curto, o Dogue Brasileiro não requer cuidados especiais quanto à pelagem. Mas diariamente deve praticar exercícios, já que é bastante ativo.

Ótima companhia para as crianças, o Dogue Brasileiro é também conhecido como um excelente cão de guarda, bastante obediente. O temperamento equilibrado é outra característica notável nesta raça. A grande resistência à dor, ao mesmo tempo que faz com que estes cães suportem castigos e brincadeiras brutas daqueles a quem ama, torna-o um guerreiro obstinado cuja coragem não conhece limites ao defender estas mesmas pessoas.

O Dogue Brasileiro é um cão de guarda compacto, confiável e corajoso. Perfeito, dado seu temperamento amigável, para ser um cão de guarda que acompanhe seu dono, sem o perigo de ataques indesejáveis, uma vez que estes cães não tendem a ser desconfiados, sem, no entanto, jamais se furtar de defender seu dono quando nota uma ameaça real. Sua função principal é proteger as pessoas em todos os lugares, inclusive por seu porte médio, dentro de veículos como cão anti-assalto e anti-seqüestro, com grande eficiência prática e preventiva, pois os malfeitores logo perceberão que este cão, além de ágil e forte, não irá recuar.

Podemos dizer que quando trazemos à nossa casa um Dogue Brasileiro, não estamos trazendo só um cão, nem mesmo só um amigo, mas estamos trazendo para nosso lar um herói.

Ao comprar um filhote de Dogue Brasileiro você receberá o pedigree da CBKC e do Bull Boxer Club, o qual, já é reconhecido pela CBKC - Confederação Brasileira de Cinofilia.


Pedro Dantas

Classificação:

Grupo: 11
Raça não reconhecida pela FCI
Padrão CBKC NR 4
Nome no País de Origem: Dogue Brasileiro
Utilização: Guarda
Prova de Trabalho: Para o campeonato, é exigida Prova de Apreciação de Caráter
Nacionalidade: Brasil
Classificação: Guarda
Porte: Médio
Temperamento: Equilibrado
Treinabilidade: Fácil
Grau de Proteção: Alto
Espaço Necessário: Médio
Altura Mínima: 50 cm
Altura Máxima: 59 cm
Peso Mínimo: 23 Kg
Peso Máximo: 42 Kg
Nível de Energia: Alta Duração
Exercícios Diários: 60 min.
Cor: Todas as cores
Tipo de Pêlo: Curto
Troca de Pêlo: Pouca
Necessidade de Tosa: Não
Resistência a doenças: Segundo o Bull Boxer Club, o grau de resistência da raça a doenças é altíssimo, não tendo sido notadas doenças congênitas específicas ao Dogue Brasileiro.

"O Dogue Brasileiro está sujeito a provas de temperamento para obtenção de títulos, que visam manter e aprimorar cada vez mais a coragem calma e principalmente o equilíbrio emocional necessário a um cão de guarda efetivo integrado às famílias.

O teste é feito com o Dogue Brasileiro conduzido na guia. Depois de ameaçado por um homem com uma vara, o cão deve investir contra ele. Assim que a manga protetora for abocanhada, o homem se desfaz dela e o cão deve abandona-la e deixar evidente que quer pegar o agressor e não o objeto dele. O homem se afasta e, passado um minuto, um estranho se aproxima do cão. Se o cão se mostrar indiferente ou amistoso com o estranho, ganha a pontuação "A" (ou "AA" se tiver menos de 9 meses). Essa pontuação é publicada nos pedigrees, ao lado do nome de cada exemplar pontuado.

Esta página é de responsabilidade de Vinícius Tomassi Peixoto
Adestrador e proprietário do Bull Boxer Kennel, o primeiro especializado no Rio de Janeiro
Fones:(21) 3404-8867 / (21) 8899-3514
guardiaocompacto@yahoo.com.br