Busca | Cadastre-se | Como Anunciar 
   
 CLASSIFICADOS
  
 Neg. & Oport.
   Empresas
   Equipamentos
   Serviços
   Outros
  
 Vagas
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Candidatos
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Cursos
  
 Vendo
  
 Doa-se
  
  
 GUIA EMPRESAS
 Adestradores
 Aquários
 Associações
 Atacadistas
 Aviculturas
 Banho e Tosa
 Canis
 Clínicas
 Consultorias
 Criadores
   Aves
   Roedores
   Reptil/Anfíbio
   Primatas
 Distribuidores
 DogSitter
 Entidades
 Fabricantes
 Gatis
 Hotéis
 Informática
 Laboratórios
 Padarias
 Passeadores
 PetShops
 Rações
 Representantes
 Serviços
 TaxiDog
  
 Lançamentos
 Reportagens
 Consultoria
 Dicas
 Veterinários
 Eventos
 Legislação
  
 Agility
 Raças
 Meu amigo Pet
 Pássaros
  
 PROMOÇÕES
 Busca
 Cadastre-se
 Como Anunciar
 Contato
  

   

Lançamentos

ROYAL CANIN LANÇA O PRIMEIRO ALIMENTO PARA FILHOTES DE PERSA

Alimento ajuda a construir defesas imunológicas, diminui riscos de diarréia e a formação de tártaro no filhote

O mercado pet vem crescendo cada vez mais nos últimos anos, trazendo produtos e serviços inovadores para o conforto dos bichinhos. E uma das áreas que mais se destaca neste setor é o de alimentação, com uma tendência cada vez maior para a segmentação. Neste contexto, a Royal Canin, multinacional francesa líder em alimentos super premium, depois de criar produtos específicos por estilo de vida e idade, está ampliando sua linha de raças, lançando o primeiro alimento criado especialmente para filhotes de Persa a partir de 4 meses de idade, a Kitten Persian 32.

Entre as preocupações com os gatinhos filhotes, a principal é a sensibilidade digestiva nesta fase. “Combinando, entre outros ingredientes, fontes de proteína de altíssima assimilação, fibras em equilíbrio e o arroz como principal fonte de carboidratos, a Kitten Persian 32 é um alimento de fácil digestão, nutre a flora intestinal e diminui o risco de diarréia, muito comum nos filhotes dessa raça”, explica Leonel Fontoura, gerente de produto da Royal Canin.

Os filhotes também atravessam um período de fragilidade imunológica, onde suas defesas naturais ainda não estão completamente desenvolvidas. Para auxiliar o filhote de persa a construir suas defesas imunológicas, a Kitten Persian 32 apresenta uma fórmula única com um complexo sinérgico de antioxidantes e mannan-oligossacarídeos, que inclusive, faz com que haja uma produção maior de anticorpos após a vacinação.

Outro benefício reconhecido do produto é auxiliar na higiene dental, diminuindo o risco da formação de tártaro.

A Persian Kitten 32 está à venda nas melhores pet shops do Brasil em pacotes de 400 g, 2 kg e 7,5 kg.

Criação da Persian 30, a versão de adultos, teve ajuda de engenheiros

O Persa é um gato que precisa de cuidados específicos. Em razão de sua morfologia facial braquicefálica (carinha achatada), deve ingerir alimentos que tenham formatos adaptados às suas características. Muitos criadores se queixavam dos restos deixados nos comedouros devido à dificuldade que esta raça tem de pegar o croquete do alimento, que o faz realizar cerca de cinco tentativas para conseguir pegar um croquete. Para desenvolver um produto especialmente para estes animais, o Centro de Pesquisa Royal Canin contratou engenheiros de uma renomada universidade francesa, a Ensam de Angers (Escola Nacional Superior de Artes e Ofícios - França).

Depois de dois anos de estudos, fazendo experiências com croquetes de formas variadas, os engenheiros finalmente chegaram à forma ideal – a Almond 11 – que, aliada à dimensão e à textura, fazem com que o croquete confira maior aderência à língua do animal. “A partir daí, a Royal Canin criou a Persian 30, uma ração original e singular que facilita a preensão pela língua deles”, explica Dra Renata Vanzo Carron, da CD Grande São Paulo da Royal Canin.

O sucesso já era esperado, já que todos os gatos que participaram dos testes de produção escolheram a Persian 30. O alimento foi formulado exclusivamente em função do gato Persa, com sua pelagem longa e delgada, sua predisposição à formação de bolas de pêlos e sua particular sensibilidade a cálculos urinários e doenças renais. “É um sucesso e representa 20% da venda total de nossa linha Feline Nutrition”, completa a Dra Carolina Galli, gerente de marketing da empresa.

Como a raça tem tendência a adquirir cálculos de oxalato de cálcio (2,5 vezes mais que as outras), em razão da influência genética de PKD (doença dos rins policísticos), deve receber alimento que alcalinize a urina. O pH nesses alimentos difere dos demais, como também a taxa de fósforo. Ela é menor do que em outros produtos, para frear as lesões renais. Aconselho retirar este parágrafo, até aqui, as informações são da Persian 30.

Em razão de sua toalete diária (lambe-se para se limpar), o Persa engole pêlos, o que pode provocar uma oclusão intestinal. Para que isso não aconteça, A Royal Canin incluiu na fórmula desses produtos um complexo chamado Hairball Transit System. A combinação de ingredientes, principalmente o equilíbrio das fibras, faz com que o gato elimine os pêlos ingeridos mais facilmente.

Ainda pensando na pelagem longa e delgada do gato persa, os alimentos também possuem um complexo exclusivo de nutrientes que favorecem a saúde da pele e revela a maciez e o brilho da pelagem.

A aceitação do produto foi tão grande que consumidores e criadores passaram a exigir a versão para filhotes. E para satisfazê-los é que a empresa está lançando o Kitten Persian 32.

voltar...