Busca | Cadastre-se | Como Anunciar 
   
 CLASSIFICADOS
  
 Neg. & Oport.
   Empresas
   Equipamentos
   Serviços
   Outros
  
 Vagas
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Candidatos
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Cursos
  
 Vendo
  
 Doa-se
  
  
 GUIA EMPRESAS
 Adestradores
 Aquários
 Associações
 Atacadistas
 Aviculturas
 Banho e Tosa
 Canis
 Clínicas
 Consultorias
 Criadores
   Aves
   Roedores
   Reptil/Anfíbio
   Primatas
 Distribuidores
 DogSitter
 Entidades
 Fabricantes
 Gatis
 Hotéis
 Informática
 Laboratórios
 Padarias
 Passeadores
 PetShops
 Rações
 Representantes
 Serviços
 TaxiDog
  
 Lançamentos
 Reportagens
 Consultoria
 Dicas
 Veterinários
 Eventos
 Legislação
  
 Agility
 Raças
 Meu amigo Pet
 Pássaros
  
 PROMOÇÕES
 Busca
 Cadastre-se
 Como Anunciar
 Contato
  

   

DOENÇAS NAS ARTICULAÇÕES CAUSAM CADA VEZ MAIS PROBLEMAS EM CÃES E GATOS, ESPECIALMENTE NOS IDOSOS.

A osteoartrite canina é uma doença articular muito comum, sendo considerada uma das principais causas de dor e inflamação crônicas dos cães. Ela é considerada uma enfermidade muito comum, principalmente em animais adultos ou idosos, podendo comprometer a qualidade de vida dos animais devido à intensa dor associada a ela.

Porém, apesar de ser uma doença freqüente, nem sempre a osteoartrite é diagnosticada corretamente. Em muitos casos, os proprietários atribuem a mudança de comportamento do animal (prostração e perda da agilidade) como sendo ocasionada apenas pela idade do animal. “A osteoartrite pode ter diferentes causas. Sua principal característica é a degeneração progressiva das articulações ou de uma articulação específica. Esse processo é causado pela inflamação crônica das articulações, o que causa muita dor e desconforto aos animais. Os sintomas são variáveis, mas normalmente, relacionados à dificuldade de locomoção e claudicação”, explica Leonardo Brandão, gerente técnico da área de pequenos animais da Merial Saúde Animal, empresa líder em produtos para saúde animal.

Para identificar se o cão está enfrentando problemas de osteoartrite, o dono deve estar atento ao comportamento do animal, tentando identificar a ocorrência de dor e dificuldade de locomoção. Ainda que mais freqüentemente essa doença ocorra em animais mais velhos, cada vez mais afeta animais de outras idades, tamanhos ou raças. “Os especialistas concordam que cães com excesso de peso e de maior porte são vítimas freqüentes da osteoartrite em idades mais precoces”, ressalta Brandão.

Um fator relevante é a mudança de comportamento dos animais que desenvolvem a doença. Normalmente, eles apresentam relutância em andar, subir escadas, pular ou brincar, têm dificuldade em levantar-se, choram de dor quando tocados e mancam. Temperaturas baixas, mudanças súbitas de temperatura ou exercício pesado podem tornar a dor pior e os sintomas ainda mais perceptíveis.

Doença sem cura - Uma vez desenvolvida, a osteoartrite canina não tem cura. O tratamento tem por objetivo aliviar a dor e a inflamação das articulações dos animais acometidos. Os mais modernos tratamentos desenvolvidos baseiam-se no uso de antiinflamatórios não-hormonais com ação preferencial sobre a enzima cicloxigenase 2 (COX-2), responsável pelo quadro inflamatório e doloroso da doença, permitindo o controle prolongado da dor com o mínimo de efeitos colaterais.

Atendimento à Imprensa
Texto Assessoria de Comunicações: tel. (11) 3675-1818
Jornalista Responsável: Altair Albuquerque (MTb 17.291)
Coordenação: Simone Rubim (simone@textoassessoria.com.br)
Atendimento: Juliana Gaspardo (juliana@textoassessoria.com.br)

voltar...