Busca | Cadastre-se | Como Anunciar 
   
 CLASSIFICADOS
  
 Neg. & Oport.
   Empresas
   Equipamentos
   Serviços
   Outros
  
 Vagas
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Candidatos
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Cursos
  
 Vendo
  
 Doa-se
  
  
 GUIA EMPRESAS
 Adestradores
 Aquários
 Associações
 Atacadistas
 Aviculturas
 Banho e Tosa
 Canis
 Clínicas
 Consultorias
 Criadores
   Aves
   Roedores
   Reptil/Anfíbio
   Primatas
 Distribuidores
 DogSitter
 Entidades
 Fabricantes
 Gatis
 Hotéis
 Informática
 Laboratórios
 Padarias
 Passeadores
 PetShops
 Rações
 Representantes
 Serviços
 TaxiDog
  
 Lançamentos
 Reportagens
 Consultoria
 Dicas
 Veterinários
 Eventos
 Legislação
  
 Agility
 Raças
 Meu amigo Pet
 Pássaros
  
 PROMOÇÕES
 Busca
 Cadastre-se
 Como Anunciar
 Contato
  

   

ESCOVAR OS DENTES TAMBÉM É BOM PARA CACHORRO

Cuidados diários protegem contra doenças periodontais

Escovar os dentes também é coisa de cão e gato. O hábito deve ser incluído na rotina de higiene do animal uma vez por dia. Um trabalho para os donos que vale a pena porque protege gengivas e dentes contra as doenças periodontais.

"De todas as doenças que atingem cães e gatos, as periodontais são as mais comuns", alerta o veterinário especializado em odontologia Alexandre Venceslau, da VetDent Odontologia Veterinária. O mau hálito é um dos primeiros sinais de que algo não anda bem com a saúde bucal. Sem tratamento, a doença periodontal evolui como nos seres humanos: dentes são perdidos e a infecção da boca pode migrar para outros órgãos como o coração, provocando doenças graves.

O hábito da escovação deve ser introduzido o quanto antes na vida do animal. Quanto mais tarde, mais difícil será contar com a cooperação do cão ou do gato e maiores as chances de a doença periodontal se instalar. A escovação deve ser feita com escova e pasta próprias para uso veterinário. Assim como é recomendável que seres humanos visitem o dentista uma vez por ano, os animais também devem ser levados para um especialista com a mesma freqüência para limpeza geral dos dentes.

Ao contrário dos humanos, raramente cães e gatos têm cárie. No entanto, fraturas no dente são casos freqüentes nos consultórios dentários veterinários. "A terapêutica é o tratamento de canal ou a extração." Quedas e atropelamentos também têm sua parcela de culpa quando o tema é saúde bucal dos animais de estimação: dependendo do trauma, o resultado é fratura da mandíbula.

E para os animais que não escaparam da doença periodontal ou do trauma e precisam de tratamento, os veterinários contam com um importante aliado: os antibióticos. Específicos para uso veterinário, os antibióticos são usados para baixar o nível de infecção bacteriana no animal antes e depois de um procedimento cirúrgico. A Pfizer produz um desses antibióticos: Antirobe, comercializado em cápsulas e em gotas, é indicado para cães e gatos.

Como o consumidor pode entrar em contato com a Divisão de Saúde Animal da Pfizer: www.pfizersaudeanimal.com.br ou telefone 0800 11 19 19.



voltar...