Busca | Cadastre-se | Como Anunciar 
   
 CLASSIFICADOS
  
 Neg. & Oport.
   Empresas
   Equipamentos
   Serviços
   Outros
  
 Vagas
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Candidatos
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Cursos
  
 Vendo
  
 Doa-se
  
  
 GUIA EMPRESAS
 Adestradores
 Aquários
 Associações
 Atacadistas
 Aviculturas
 Banho e Tosa
 Canis
 Clínicas
 Consultorias
 Criadores
   Aves
   Roedores
   Reptil/Anfíbio
   Primatas
 Distribuidores
 DogSitter
 Entidades
 Fabricantes
 Gatis
 Hotéis
 Informática
 Laboratórios
 Padarias
 Passeadores
 PetShops
 Rações
 Representantes
 Serviços
 TaxiDog
  
 Lançamentos
 Reportagens
 Consultoria
 Dicas
 Veterinários
 Eventos
 Legislação
  
 Fórum
 Agility
 Raças
 Meu amigo Pet
 Pássaros
  
 PROMOÇÕES
 Busca
 Cadastre-se
 Como Anunciar
 Contato
  

   

TREINAMENTO BÁSICO PARA FILHOTES DE UM CÃO DE TRABALHO

Um ponto importante é lembrar que cada cachorro tem um temperamento diferente, alguns são mais rápidos para atingir a maturidade do que outros. Devemos ter isso em mente quando estamos treinando um filhote.

Paciência e entendimento são dois pontos principais a serem lembrados quando você estiver ensinando seu filhote, por isso não se desaponte com rapidez, e nem o seu filhote.

Escolhendo um filhote

A escolha de um filhote com pedigree aumenta as suas chances de adquirir um cão com boas habilidades de trabalho. A maioria dos criadores que possuam estes tipos de animais lhe darão garantia, como a devolução do dinheiro ou outro animal no caso de algum problema.

Por essa razão, a escolha do filhote deve ser cautelosa e sem pressa. Procure nos pais as habilidades que você gostaria de ter no seu filhote. É a maneira mais fácil, além de ter maior chance de adquirir boa genética.

Treinamento inicial

Um ponto importante é levar o seu filhote onde você puder. Ele ganhará confidencia em você e ao mesmo tempo você poderá observar as suas reações a situações diferentes no dia a dia. Nunca ponha em risco seu filhote, pois um trauma nessa época poderá ser crucial no treinamento posteriormente.

È muito importante entender que nessa idade (até 6 meses), tudo que ele aprende é brincando, se você deixa-lo solto, por isso devemos evitar essas situações. O filhote que fica solto sem a supervisão sua ou do treinador aprende maus hábitos que dificultarão no treinamento. Dê tempo para que seu cãozinho atinja a idade certa para aprender certas responsabilidades como tocar um rebanho. Se ele for atropelado por um animal maior que ele terá que enfrentar no futuro, ele pode ficar traumatizado e não querer trabalhar de novo, em com razão. Tudo que ele aprende nessa época deve ser gostoso para ele.

As três coisas básicas a ensinar ao seu filhote são: deitar, ficar e vir até você. Ao ensinar procure locais mais isolados e que ele já conhece, longe de pessoas que poderão chamar o cachorro e desviar a atenção, sempre em um ritmo leve, onde ele tenha o máximo de diversão possível. Nunca dê um comando quando você já sabe que ele não vai obedecer. Por exemplo, quando ele esta longe, sem uma corda amarrada a coleira. O cãozinho prefere brincar do "ir a escola", por isso, quanto menos distração melhor. Esses comandos são o primeiro passo para uma melhor disciplina do seu cão.

LEMBRE-SE: CONVERSE com o seu cão, NÃO grite, ou senão você sempre terá que ganhar a atenção dele.

Deitando

Há varias maneiras de ensinar o seu cachorro como deitar.

Por exemplo, com uma guia (corda fina) na coleira e passada por debaixo do pé, dar o comando e puxar a corda levemente, aumentando a força levemente. Isso deve ser feito varias vezes até o filhote entender que o comando foi dado para ele deitar. Logo que ele obedecer, faça um carinho leve e rápido, caso ele não obedece, um leve toque na guia para baixo.

Alguns cães tem instinto natural ou mais facilidade do que outros, por isso lembre-se que cada cachorro tem uma reação diferente. Sua paciência e entendimento serão testados.

Nós sugerimos 5 a 10 minutos iniciais por dia, para que seu filhote não fique chateado com o exercício, particularmente nessa idade.

Ficar ou parar

Quando o cão já esta deitando, ou sentando você pode iniciar o comando ficar ou parar. Tente mover para longe dele, aumentando a distancia conforme ele aceita. Toda vez que ele tentar te seguir, faça-o ficar para que ele possa entender o comando. Esse comando geralmente é difícil para o cãozinho entender que ele está com você, mas tenha paciência.

Vir até você

Com o cachorro parado, com uma leve corda comprida na coleira, deixe que ele se distancie de você e chame-o, caso ele não atender, dê um leve toque na corda chamando sua atenção e logo que ele vir até você, agrade. Repita este exercício até que ele venha até você se ajuda da corda. Lembre-se que existem várias maneiras de ensinar o seu, basta você ajustar com qual você se dá melhor.

Caminhar ao seu lado

Quando você sai para dar uma volta com ele, com uma leve corda comprida, dê uma pisada na corda caso ele sai correndo na sua frente. Com o tempo ele não o fará mais. Pode-se também, com um galho, bem leve, apenas para colocar na frente do cão caso ele queira andar na frente.

Disciplinando o seu cão

A disciplina não precisa ser dura, apenas moderada, com jeito e uniforme.

Pontos importantes a serem lembrados:

- na maioria dos casos, uma bronca com a voz mais grossa é o suficiente para o seu cão entender que você não gostou do que ele fez, em vez de uma ação física sua;

- vai haver situações em que o seu cãozinho vai precisar ser chamado à atenção e nesse caso, use a mesma varinha que você usou por exemplo para conduzi-lo ao seu lado. Deve ser um instrumento leve ou você pode causar um trauma nele. Lembre-se que todo o treinamento deve ser divertido, para ele queira fazer de novo no outro dia. Se cão continua a fazer errado, olhe para você primeiro. Por exemplo, seus comandos estão sendo utilizados de forma e hora correta e bem claros para ele? Se os comandos são confusos, com gritos e correria, como ele pode obedecer?

É fácil domesticar um cachorro disciplinado-o continuamente toda vez que ele faz alguma coisa errada. Não podemos esquecer que ele era um animal selvagem, que vivia em bandos e alguns dos seus instintos são bem diferentes dos comandos dados por você. Não bata no cachorro a não ser que tudo que você tenha tentado não deu certo, por que seria um ato de fraqueza sua não conseguir fazer um simples animal não entendê-lo, não é?

- pegar o cão fazendo a coisa errada na hora certa é muito importante. Se você não consegue fazer isso provavelmente será muito tarde para discipliná-lo. Nós usamos uma palavra específica para isso, "timing" (pronuncia "taimin").

Entendendo o seu cão

Instinto de cercar o rebanho: é o instinto mais forte que faz o cão correr em volta do rebanho. Um cachorro novo não deve ser impedido de cercar o rebanho ou você poderá arruinar seu trabalho no futuro.

Trazer o rebanho para você: um Kelpie trará o rebanho para você por puro instinto. Não se deve culpar o cão de estar no meio do caminho, é você que não esta entendendo que basta caminhar para onde você quer que o rebanho seja levado. Antes de acusar o cachorro de estar fazendo algo errado, pare e pense nos instintos naturais que ele possui.

Animais de bandos: lembre-se que cães são animais de bandos e você deve tomar o lugar de líder do bando. A todo tempo isso deve ser mostrado para o cão, algumas vezes mais forte. Eles geralmente pensam por eles mesmos no trabalho, mas se você em vez de brigar, ajudá-los, eles serão eternas ferramentas no dia a dia do trabalho no campo.

Bibliografia

Canil Buckaroo Kelpies - Nevell King - Gulgong-NSW-Australia



Esta página é de responsabilidade de Luis Gustavo V. Dionisio
Membro do Conselho do Kelpie de Trabalho da Austrália e Proprietário do Canil Gusdi Kelpies.
Fone:(018)9786-9874 - gusdikelpies@folhanet.com.br


voltar...