Busca | Cadastre-se | Como Anunciar 
   
 CLASSIFICADOS
  
 Neg. & Oport.
   Empresas
   Equipamentos
   Serviços
   Outros
  
 Vagas
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Candidatos
   Banho&Tosa
   Veterinária
   Comerc/Vendas
   Adm
   Canil/Pass/Hot
   Motorista
   Outros
  
 Cursos
  
 Vendo
  
 Doa-se
  
  
 GUIA EMPRESAS
 Adestradores
 Aquários
 Associações
 Atacadistas
 Aviculturas
 Banho e Tosa
 Canis
 Clínicas
 Consultorias
 Criadores
   Aves
   Roedores
   Reptil/Anfíbio
   Primatas
 Distribuidores
 DogSitter
 Entidades
 Fabricantes
 Gatis
 Hotéis
 Informática
 Laboratórios
 Padarias
 Passeadores
 PetShops
 Rações
 Representantes
 Serviços
 TaxiDog
  
 Lançamentos
 Reportagens
 Consultoria
 Dicas
 Veterinários
 Eventos
 Legislação
  
 Fórum
 Agility
 Raças
 Meu amigo Pet
 Pássaros
  
 PROMOÇÕES
 Busca
 Cadastre-se
 Como Anunciar
 Contato
  

   

PORQUE NUTRIR CÃES E GATOS COM ALIMENTOS BALANCEADOS (RAÇÕES)?

Cães e gatos são animais classificados como carnívoros, ou seja, sua alimentação deve necessariamente conter produtos de origem animal. Esses produtos fornecem principalmente proteínas e gorduras, porém outros nutrientes são importantes na dieta destes animais como sais minerais e vitaminas por exemplo.

Tão importante quanto a presença destes nutrientes na alimentação é o seu balanceamento, onde a quantidade destes deve seguir um padrão de equilíbrio. Este padrão de equilíbrio é determinado por pesquisas normalmente feitas por fabricantes de rações que trabalham com seriedade, buscando sempre o melhor em alimentos para animais de estimação.

Uma boa comida feita em casa, apesar de todo o carinho colocado nela, nunca irá atingir um grau de balanceamento adequado e constante como de uma boa ração comercial.

A ração balanceada além de refletir num bom estado de saúde para o animal, quando utilizada adequadamente, reflete também em economia e praticidade para o proprietário.

Mas atenção: nos produtos ditos econômicos (de baixo custo), a formulação oferece o mínimo em nutrientes para o animal, levando a necessidade de suplementações, que além de encarecer a dieta, pode levar também a um desequilíbrio de nutrientes, principalmente sais minerais. Outras desvantagens destes produtos "mais baratos" são:

- o alto consumo, onde o animal deve comer uma quantidade maior para compensar a baixa qualidade da matéria-prima utilizada a qual será menos absorvida e portanto pouco aproveitada.

- grande volume de fezes com baixa consistência, pois a matéria-prima utilizada não garante uma boa absorção de nutrientes e nem a presença de fibras adequadas para a formação satisfatória do bolo fecal, tornando as fezes "moles" e em grande quantidade.

- pouca palatabilidade, já que são utilizados baixos níveis de matéria-prima de origem animal e altos níveis de matéria-prima de origem vegetal, tornando assim o alimento pouco atrativo ao "paladar" do animal.

Os produtos de melhor qualidade por sua vez, apesar de seu preço mais elevado, acarreta uma série de vantagens, sendo que ao colocar na balança o custo/beneficio, este tipo de produto se torna bem mais vantajoso. Sua formulação ótima dispensa o uso de suplementos alimentares e o seu consumo em termos de quantidade se torna baixo, levando numa redução real no seu custo. As fezes se tornam firmes e em pouca quantidade. Possuem um alto teor de matéria-prima de origem animal, que além de trazer benefícios nutricionais torna o alimento mais palatável.

Várias são as marcas e tipos de rações disponíveis no mercado. Consulte o seu veterinário e peça para que ele lhe indique a mais adequada ao bom desenvolvimento e manutenção de seu animal de estimação.

Dr. Luiz Carlos Garcia é Médico Veterinário da Cão Q'Late - 0xx(11) 856-8633 - cao-q-late@uol.com.br.

voltar...